8 Virtudes

A idéia do nome do Haras das 8 Virtudes surgiu a partir do pensamento sobre o que me faz gostar tanto de cavalos e que objetivos eu gostaria de ter para um projeto de criação. Me veio à cabeça a palavra VIRTUDES! Me entusiasmei quando percebi que VIRTUDES tinha oito letras, meu número preferido, 8, que vejo como uma imagem de equilíbrio, simetria e harmonia, além de poder representar também o infinito se estiver na posição horizontal! Segui pensando nas virtudes que admiro nos cavalos .... e nos significados que atribuo ao número 8, especialmente a ideia do infinito, algo que vem de muito antes de nós e segue para muito além da nossa existência!

V ontade

Deve ser percebida pelo cavaleiro através da predisposição espontânea do cavalo para a equitação, caracterizando um comportamento voluntarioso.

I nteligência

É a capacidade do eqüino aprender o que lhe for ensinado e também através das experiências vividas.

R usticidade

Avaliação dos parâmetros relacionados ao crescimento, peso, vitalidade, cascos, pelo, sob condições de criação e manejo a campo

T emperamento

Diz respeito às respostas aos estímulos sensoriais, incluindo aqueles recebidos do cavaleiro (“ajudas”). Valorizamos um cavalo atento e sereno, com reações equilibradas e precisas, que saiba usar sua energia na medida certa, "subindo e descendo" em sintonia com o cavaleiro.

U tilidade

Avaliação do desempenho em 3 tipos de função: Enduro de Regularidade, Maneabilidade e Prova de Lida.

D ocilidade

Disposição do eqüino em se relacionar com indivíduos da mesma espécie ou de outras espécies, principalmente a humana

E legância

Avaliação da morfologia de acordo com o Padrão Oficial da ABCCMM, com destaque para a expressão viva, descontraída, confiante e alegre!

S uavidade

Conforto percebido durante a equitação: leveza do contato, flexibilidade, sutileza das transições e comodidade, especialmente da marcha